Como funciona o token dos bancos?

O token é um tipo de tecnologia bastante avançada a qual os bancos estão lançando para oferecer mais segurança aos seus clientes. Ficou interessado? Continue lendo nosso artigo!

Quem já assistiu a Inimigos Públicos sabe direitinho como é a clássica cena do grupo, liderado por John Dillinger, personagem de Johnny Depp, invadindo os bancos e levando o gerente até o cofre para “recolher” todo o dinheiro.

Bem, essa cena só ficará nas telas, porque hoje é diferente. 

A invasão é de hackers, e os bancos estão cada vez mais atentos a isso e estão a oferecer novas formas de segurança aos seus clientes. 

Como o tipo de segurança que vamos conhecer neste post, o token bancário.

O que é token?

O token é um tipo de tecnologia bastante avançada a qual os bancos estão lançando mão para oferecer mais segurança aos seus clientes.

Por incrível que pareça, o token consiste numa segurança que favorece mais ao cliente do que a própria instituição.
Nesse sentido, o token é uma ferramenta tecnológica que auxilia o usuário em sua segurança. 

E quem não quer tranquilidade na hora em que for realizar transações on-line na internet banking, nos apps para tablets e smartphones, não é mesmo? 

Por isso, é interessante você entender o que é o token e como adquirir o seu. 

Certamente, isso vai te ajudar a fazer suas transações bancárias bem mais tranquilas. 

O que é e como funciona o token?

Se antes caminhávamos até nossa agência bancária para fazer serviços, como pagar contas, por exemplo, bastava ter o número da conta e a senha e pronto. Isso bastava.

Embora a forma seja simples, o cliente de posse apenas desses dados, estaria bastante   vulnerável.

Com o token bancário de segurança, além de ser simples, há duas formas para usá-lo.

A primeira forma você pode usar o token como um aplicativo em seu aparelho celular. À medida que acionar sua conta, uma senha ou um código surge para assim você digitar e confirmar suas transações. 

Já a segunda maneira, é o chamado token físico. Trata-se de um dispositivo que alguns chamam de chaveirinho, outros de pen drive, mas não tem nada a ver. Na verdade, é um dispositivo, mais ou menos do tamanho de um cartão bancário que, na hora em que for usá-lo, terá de pressionar o botão que o aparelho possui. Daí vai aparecer um código de segurança aleatório de seis dígitos. 

Tal código vai funcionar com seu nome de usuário e senha toda vez que fizer login no site ou no app do seu banco. 

Desse modo, a senha e o código de segurança vão trabalhar juntos para lhe fornecerem as medidas de segurança necessárias, caso haja acesso não autorizado às informações da sua conta on-line. 

Quais são os bancos que trabalham com o token?

Neste post, vamos falar de dois bancos que trabalham com o token e, também, acrescentar mais um dispositivo de segurança usado pelo banco Inter.

Bradesco

O token físico do Bradesco é um dispositivo eletrônico que gera senhas numéricas aleatórias para você acessar sua conta nos Canais Digitais do Bradesco.

O token físico tem como vantagens: 

  • Proteger suas transações bancárias, 
  • Ser um dispositivo fácil de carregar que pode ser colocado até no seu chaveiro, e 
  • Sua bateria tem longa duração. 

Mas também é preciso ter alguns cuidados com o seu dispositivo, por exemplo:

  • Mantê-lo longe de objetos magnéticos ou que produzam descargas elétricas, 
  • Não expor seu aparelho a grandes variações de temperatura, 
  • Não pode remover a etiqueta com o número de série, localizada no verso do aparelho, e
  • Depois de cinco anos de uso, a bateria do seu dispositivo pode acabar. Nesse caso, basta devolvê-lo e solicitar outro

Se você quiser pedir o seu dispositivo, basta comparecer a qualquer Agência Bradesco.

  • Acesse o Aplicativo Bradesco instalado em seu aparelho,
  • Selecione a opção Chave de Segurança,
  • Digite o PIN (senha de 4 dígitos cadastrada),
  • Digite no Canal de Atendimento, a chave (senha numérica) apresentada no visor do seu celular.

Já no Canal Bradesco Celular, a chave ficará disponível na tela do seu aparelho, durante toda a navegação.

Banco Itaú

O iToken do Itaú é também um dispositivo que gera códigos numéricos para a realização de transações digitais. Após alguns segundos esses códigos são renovados, garantindo ainda mais a sua segurança.

Como acessar o iToken Itaú:

Aqui nós vamos lhe fornecer o passo a passo para você instalar o iToken no app Itaú:

  • Abra o app do Itaú e, na parte inferior da tela, clique no ícone do iToken,
  • Clique em continuar,
  • Veja as dicas de captura,
  • Hora da selfie
  • Centralize o rosto na moldura e toque em iniciar captura,
  • Se o reconhecimento facial for bem-sucedido, o iToken já estará ativo. Parabéns!

Obs: caso o celular não capture a foto ou você não consiga finalizar o processo pelo app, poderá ser necessário ir até um caixa eletrônico.

Todas as vezes que você realiza operações na sua conta pelo telefone, internet ou celular, é solicitado um código numérico iToken para validar a transação. 

Se, por ventura, você usar o app, e o iToken já esteja devidamente instalado nele, as transações poderão ser realizadas sem a necessidade de digitar o código numérico iToken.   

Se você pretende fazer uso do iToken Itaú, saiba que esse dispositivo tem muitos benefícios, como:

  • proteção no uso do Itaú na internet, no celular e no telefone, 
  • o cadastramento de favorecidos pode ser efetuado no Itaú na internet e no celular, 
  • os códigos ilimitados.
  • segurança: é um código individual e temporário para validar as transações bancárias,
  • praticidade: está dentro do celular, no lugar e na hora que o cliente precisar, não é preciso 3G ou Wifi, não consome dados, e funciona mesmo quando o cliente estiver off-line.

Mas, atenção. É preciso ter alguns cuidados com o seu iToken Itaú:

  • O Itaú nunca envia e-mails, SMS, WhatsApp nem telefona a seus clientes solicitando envio, atualização, sincronização ou desbloqueio de códigos do iToken,
  • Em caso de perda ou roubo de celular que tem seu iToken instalado, comunique o fato imediatamente ao Itaú pelos canais oficiais,
  • Consulte regularmente seu extrato de contracorrente e fique atento à movimentação de sua conta.

Inter

O i-safe Inter trata-se de uma ferramenta que reforça ainda mais a segurança no acesso e nas transações realizadas pela sua conta. 

Com o I-safe, a autenticação das operações será feita por códigos temporários que são gerados no próprio aplicativo.

Para ativar e utilizar o serviço, é necessário realizar o cadastro no aplicativo.

Como você pode cadastrar o i-safe?

Caso você já tenha seu cartão e ele já esteja ativo, basta seguir o passo a passo: 

  • Confira se a versão do seu app está atualizada;
  • Abra o app e insira os dados de sua conta e senha;
  • Clique em acessar; 
  • Preencha as informações solicitadas, 

Pronto, já pode usar o i-safe Banco Inter.

Quais são os benefícios em usar o token? É seguro?

Sim, o token é bastante seguro. Aliás, o token foi criado para você alcançar um bom nível de proteção em suas transações bancárias.

Vale ressaltar que o token é sincronizado pelo tempo, gerando senhas aleatórias com um determinado número de segundos para expiração.

Isso posto, é preciso dizer também que, o fato das combinações nunca se repetirem, garante que apenas a pessoa que possui o token tenha acesso a combinação e consiga acessar a conta.

Se você quer adotar o token como medida para sua segurança, saiba que estará certíssimo.

Conclusão

Nesses tempos difíceis todo tipo de segurança é bem-vindo.

Por isso preparamos esse post.

Para você ficar sabendo como é a segurança que os bancos oferecem aos seus clientes.

Ainda que você não seja cliente dos bancos que citamos, saiba que você pode adquirir seu token em outras agências.

Procure na sua agencia acerca desse tipo de segurança, depois fale com a gente.

O seu retorno e o seu comentário são demasiados importantes.

Não se esqueça disso!

O Estação Ullo está aqui é para te ajudar. Até o próximo post.