Entenda como funcionam empréstimos com o cartão de crédito

Está precisando de dinheiro e pretende fazer empréstimo? Neste artigo você vai entender como funciona o empréstimo com o cartão de crédito. Continue lendo e tire as suas dúvidas.

O cartão de crédito é um aliado que temos em mãos.

Ele nos ajuda a adquirir bens e produtos e ainda temos a possibilidade e a vantagem de parcelar nossas compras. 

O cartão de crédito, já há algumas décadas, está presente na nossa vida, como é também a forma de pagamento mais usada por todos nós.

As empresas de um modo geral também se aliam a essa prática e igualmente oferecem seus produtos com a possibilidade e vantagem de parcelamos o bem ou produto.

Já ouvi dizer que há dois grandes segredos para lidar com um cartão de crédito:

  1. jamais atrasar a fatura, e
  2. jamais pagar valor mínimo da fatura.

Agora, se o seu momento não é de adquirir nada, você apenas precisa de dinheiro em mãos, mais uma vez o cartão de crédito pode lhe ajudar. 

Muitas pessoas ainda não sabem que é possível fazer um empréstimo com o cartão de crédito.

Esse tipo de empréstimo não é como um empréstimo pessoal convencional, trata-se de uma linha de crédito somada ao seu cartão.

Assim, você pode pedir um empréstimo, sem, contudo, comprometer o seu limite de crédito. 

Parece tranquilo, não é?

Verdade, é bem tranquilo, todavia, você precisa prestar bastante atenção quanto às taxas de juros praticadas nessa modalidade no momento em que for usar este recurso.

E, aqui, vamos lhe explicar direitinho como pedir empréstimo pelo seu cartão de crédito. Veja só:

  • Primeiramente, verifique se há a disponibilidade deste serviço no banco,
  • Em seguida, você pode solicitar o serviço de empréstimo,
  • Logo após, é preciso aguardar um tempo para que seja feita a análise de crédito,
  • Assim que análise é confirmada o dinheiro já é liberado, leia atentamente o contrato antes de assiná-lo. 
  • Geralmente o dinheiro está disponível num prazo de 48 horas.
  • Trata-se de uma modalidade com pouca burocracia,
  •  disponibilidade do dinheiro com rapidez.

Atenção: 

são os maiores juros praticados pelo mercado.

Isso acontece pela facilidade de você conseguir um dinheiro mais rápido e sem burocracia, uma vez que o banco não tem uma garantia real de que você realmente vá pagar o empréstimo.

Em outros tipos de empréstimos, existe a burocracia por ser uma forma de “checar” devidamente a ficha do cliente e se o cliente realmente é “capaz” de arcar com a dívida.

Desse modo, a instituição financeira se protege, por exemplo, contra o risco da inadimplência.

Resguardada, a instituição financeira pode assim oferecer melhores condições de juros e pagamento.

Dessa forma, é importante você saber que o empréstimo no cartão de crédito tem taxas de juros altas, ao comparar com outras opções do mercado.

Quais são os juros praticados para um empréstimo no cartão de crédito?

Ao fazer a solicitação de empréstimo com o seu cartão, o valor pode ser o limite do cartão. Isso depende de cada instituição financeira. 

Pode ser que você use o que você possui de limite, pode ser que o seu banco lhe dê um valor separado de seu limite.

A taxa de juros média anual teve uma variação ficando entre 21,7% a 23,2% no ano passado. Em 12 meses, houve alta de 4,6 pontos percentuais. A taxa cobrada das pessoas jurídicas, por sua vez, saiu de 14,9% para 16,7%.

Veja alguns exemplos:

  • Banco Itaú:  1,89 % a.m 25,19% a.a.
  • Banco Inter: 2,06 % a.m. 27,76 % a.a.
  • Banco do Brasil: 4,03% a.m 60,60% a.a.
  • Banco Santander:   5,03 % a.m 80,19% a.a. (https://www.bcb.gov.br/)

Como funciona o empréstimo no cartão de crédito?

Como você já sabe, além da compra de bens e serviços, seu cartão também pode lhe ser útil no momento de fazer uma solicitação de empréstimo.

Isso pode acontecer de 2 maneiras:

  1. se você possui limite disponível para saque com cartão de crédito, ou seja, há relação direta com o limite e o crédito rotativo, e
  1. se você pode fazer a solicitação de empréstimo com a operadora do cartão de crédito, não afetando o limite do cartão de crédito.

Essas duas formas estão associadas ao seu CPF.

Vale ressaltar que por já possuir uma boa relação com o cliente, muitas instituições já deixam uma margem para empréstimos, caso o cliente necessite, os chamados créditos pré-aprovados. 

Daí o dinheiro sair tão rápido.

Contudo, há um requisito que pode alterar o valor do crédito, a taxa de juros e o prazo para pagamento: o seu perfil.

Por isso que muitas vezes o banco nega o empréstimo, embora você tenha o cartão de crédito já há muito tempo e paga as faturas em dia.

É possível fazer a solicitação de empréstimo de maneira totalmente online.

Se você vai pedir o empréstimo para uma instituição que possibilite o acesso on-line, não é preciso ir a uma agência física, basta que você baixe o aplicativo da operadora de cartão, se ainda não tiver, e proceder com o passo a passo.

Cada uma das instituições tem o seu próprio procedimento, mas há algumas semelhanças que vamos apresentar a você:

  1. É preciso, antes de tudo, fazer a simulação, para saber se realmente você poderá arcar com o empréstimo e conseguir pagar as parcelas,
  2. É possível? então, o próximo passo é solicitar, geralmente pelo site ou aplicativo da operadora de cartão de crédito,
  3. Pronto, você já viu que dá conta de pagar e já fez a solicitação. Agora você deve aguardar pela análise de crédito. É nesse momento que a instituição vai verificar o seu perfil, seu histórico financeiro, como são seus gastos e, claro, seus pagamentos, ou seja, se você cumpre todas as suas dívidas, 
  4. Seu dinheiro está liberado,
  5. Está na hora da assinatura de contrato. Nesse momento, para tudo e leia atentamente o contrato, isso é importan\tíssimo. Assim você fica sabendo de tudo, das parcelas, das taxas de juros, dos prazos e condições,
  6. Liberação do dinheiro liberado: depois de todos os passos acertados, o dinheiro está na sua conta dentro de um prazo de até 48 horas.

Como é feito o pagamento desse empréstimo?

O pagamento das parcelas pode ser feito de diversas maneiras:

  • Desconto das mensalidades por débito automático,
  • Pagar as parcelas do empréstimo com o próprio cartão de crédito, mas não com o cartão com o qual você fez o pedido de empréstimo,
  • Por meio de código de barras, que devem ser rigorosamente pagos até a data de vencimento.
  •  Pagamento por meio de contas de concessionárias, como luz, gás, água, telefone e TV por cabo.

Em todas as formas de crédito, é possível a você o adiantamento das parcelas e, consequentemente, o desconto proporcional dos juros. 

Caso contrário, se você atrasar, naturalmente serão cobrados juros em cima de uma parcela que já contém juros.