O que é empréstimo: Veja os diferentes tipos de empréstimos

Publicidade



Publicidade

Está pensando em fazer um empréstimo, mas ficou confuso em como funciona? Então, leia até o final e entenda os conceitos básicos de como funciona o empréstimo!

Empréstimo

O que é empréstimo?

Empréstimo é uma operação de crédito em que uma instituição libera recursos a uma pessoa, mediante pagamento em um prazo determinado e acrescido de uma remuneração (taxa de juros).

Assim, é um instrumento para que você consiga recursos financeiros com rapidez para realizar seus objetivos, seja uma viagem, quitar dívidas, reformar casa, abrir um negócio ou qualquer outra coisa.

Neste caso, o dinheiro obtido no empréstimo não tem destinação específica. Assim, o banco deposita o valor aprovado na sua conta e você utiliza como precisar.


Publicidade


Quem pode realizar? 

O empréstimo pode ser realizado por qualquer pessoa, desde que consiga ser aprovado nos processos de análise de crédito da instituição.

Nesse processo de análise diversos fatores serão considerados e cada instituição possui seu próprio modelo. Ademais, esses critérios e documentos necessários também mudam conforme o tipo de empréstimo em questão.


Publicidade

Ademais, empréstimos em bancos costumam ser oferecidos de forma exclusiva para correntistas. Isto é, para solicitar o crédito você precisa ter uma conta corrente ativa na instituição. Isso pode ser positivo, uma vez que por já ser cliente o banco tende a oferecer melhores condições.

Por outro lado, financeiras independentes oferecem opções de empréstimos para qualquer pessoa, sem necessidade de ter uma conta aberta. Também são mais flexíveis.

Qual a diferença entre empréstimo e financiamento?

Entendemos o que é empréstimo, mas o que diferencia ele do financiamento? São sinônimos?

Ambos são operações de crédito que visam liberar recursos financeiros para o cliente. Contudo, possuem características bem distintas.

Primeiro, o financiamento tem um destino bem definido e acordado em contrato com o banco. Por exemplo, o financiamento imobiliário irá liberar recursos para que você possa comprar uma casa, ou seja, não poderá utilizar o dinheiro para outros fins.

Enquanto isso, no empréstimo o dinheiro cai na sua conta e você usa como desejar. Aliás, é comum que no financiamento o próprio banco faça os pagamentos do que está sendo financiado, ou seja, o dinheiro não cai na sua conta.

Outra diferença são as taxas e prazos de pagamento. Em geral, financiamentos possuem taxas menores e prazos muito maiores em relação ao empréstimo, uma vez que costumam ser destinados para compras de alto valor, como casas e carros, que são pagos ao longo de anos ou mesmo décadas.

Ao passo que o financiamento também tende a ser mais burocrático do que o empréstimo, uma vez que a quantidade para fechar o contrato será muito maior, pois você precisa comprovar a finalidade do dinheiro.


Publicidade

Os diferentes tipos de empréstimos

Crédito pessoal

Em primeiro lugar temos o crédito pessoal, que é uma das opções de empréstimo mais comuns. Aqui você recebe o dinheiro aprovado para usar como desejar, sem necessidade de colocar algo em garantia.

Como vimos, o empréstimo não tem um destino específico. Assim, o crédito pessoal é o mais flexível, contudo pode ser mais difícil de ser aprovado.

Por não exigir nenhuma garantia e ser menos burocrático para solicitar, é comum que as instituições sejam mais rigorosas na hora de aprovação, por conta do risco maior que correm ao emprestarem o dinheiro.

Nesse sentido, o crédito pessoal costuma ser liberado com mais facilidade para quem tem renda mensal mais elevada e um bom score de crédito. Ainda assim, as taxas de juros são maiores que as demais opções e o prazo de pagamento também costuma ser menor.

Empréstimo consignado

Empréstimo consignado é uma opção exclusiva para quem é funcionário CLT, servidor público, aposentado ou pensionista do INSS.

Nessa modalidade, as parcelas do seu crédito são descontadas automaticamente na sua folha de pagamento. É por essa característica que o crédito consignado oferece as menores taxas do mercado e melhores prazos de pagamento.

Além disso, é uma modalidade bastante regulamentada. Por exemplo, a parcela do crédito consignado público só pode comprometer até 30% da renda mensal da pessoa.

Ademais, há o cartão de crédito consignado, que funciona como o empréstimo, a diferença é que a parcela mínima da sua fatura é descontada automaticamente.

Crédito com garantia

O empréstimo com garantia funciona como crédito pessoal, a grande diferença está na alienação de algum bem junto ao banco. Isto é, você colocar algum patrimônio como garantia do pagamento.

As opções mais comuns são o empréstimo com garantia de imóvel e veículo. Assim, você colocará uma casa, apartamento ou veículo como garantia. Aliás, seu crédito será proporcional ao valor do bem.

Nesse sentido, esse tipo de empréstimo oferece as melhores taxas e prazos de pagamento, uma vez que a alienação do bem reduz o risco do banco.

Antecipação de 13º salário

A antecipação de 13º salário é uma ótima opção para quem é assalariado. Com esse crédito, você recebe o valor do seu décimo terceiro, mas com um desconto pela taxa da instituição (similar aos juros que você pagaria no empréstimo, por exemplo).

Dessa maneira, você antecipa o valor que você receberia no final do ano. Assim, quando o 13º cair na sua conta, o valor será repassado para a instituição que você fez a operação.

Por ser um pagamento menos arriscado para o banco, essa operação oferece ótimas taxas, por isso é pode ser uma boa opção para quem seja assalariado.

Crédito consolidado

Como o nome indica, esse crédito busca consolidar diferentes empréstimos em um único plano de pagamento.

Assim, você pode consolidar as dívidas do cheque especial, cartão de crédito e um empréstimo pessoal em um único banco. Mas porque você faria isso?

Primeiro, o crédito consolidado oferece mais praticidade para sua a dia a dia, evitando que você esqueça de pagar alguma parcela por cada uma ter um vencimento diferente.

Em segundo lugar, o crédito consolidado também pode oferecer melhores condições de negociação. Assim, é possível conseguir descontos no total da dívida ao consolidar tudo em um único banco.

Empréstimos para empresas

Vale mencionar também que as empresas possuem diferentes tipos de empréstimos à disposição. Seja para injetar dinheiro no caixa para pagar as contas ou realizar investimentos, como a construção de uma nova filial.

Deixe um comentário

Aguarde, carregando

0