Banco Central autoriza transferências bancárias pelo WhatsApp

Publicidade



Publicidade

Depois de muita espera, o Banco Central (BC) finalmente autorizou as transferências bancárias pelo WhatsApp.

A autorização oficial se deu horas depois do Presidente do BC anunciar que liberaria os pagamentos pelo aplicativo. A oficialização se deu na noite desta terça-feira (30).

Ademais, o serviço havia sido lançado no ano passado, quando o Facebook anunciou os testes da funcionalidade. Entretanto, em junho do mesmo ano o BC suspendeu o serviço para poder avaliar os riscos da nova tecnologia.

Nessa autorização, o Facebook Pagamento do Brasil, dono do WhatsApp, está aprovado como “iniciador de transações”. Enquanto isso, os parceiros Visa e Mastercard estão aprovados para dois arranjos: transferência/depósito e operações pré-paga (que será a carteira virtual).

Pagamentos pelo WhatsApp: como eles vão funcionar?

Com o novo recurso, será possível realizar compras diretamente nas conversas, pagar no comércio local e enviar dinheiro para amigos e familiares. Tudo isso de forma prática e sem taxas.

O serviço funciona quase como uma carteira virtual. Assim, você cadastra um cartão de débito ou crédito dos bancos parceiros e poderá utilizá-lo para realizar compras ou enviar dinheiro para pequenos negócios, amigos e familiares.


Publicidade

É seguro pagar pelo WhatsApp?

O novo recurso de pagamentos pelo WhatsApp é uma parceria entre o gigante Facebook e a Cielo. Assim, ambas empresas promovem um alto nível de tecnologia e de segurança.

Nesse sentido, o Facebook se encarrega da infraestrutura e sistemas de proteção. Dessa maneira, as transações possuem criptografia de ponta a ponto, proteção com PIN e impressão digital e verificação do cartão antes de poder utilizá-lo.

Ademais, os seus dados do cartão não são compartilhados com os comerciantes. Isso aumenta ainda mais a segurança do sistema.

Enquanto isso, a Cielo irá prover toda a estrutura de processamento dos pagamentos com as demais empresas, como Banco do Brasil, Nubank, Sicredi e Woop.

Quais as taxas e tarifas?

As transferências pelo WhatsApp serão gratuitas para as pessoas físicas. Assim, você poderá enviar e receber dinheiro para amigos e familiares sem nenhum custo adicional, exceto se o emissor do seu cartão cobrar algo, como uso do cheque especial.

Enquanto isso, usuários do WhatsApp Business terão uma tarifa fixa de 3,99% para receber pagamentos de seus clientes.

Ademais, há limites para envio e recebimento de dinheiro de amigos e familiares. Assim, é possível enviar até R$ 1 mil por transação e receber 20 transações por dia, ou R$ 5 mil por mês.

Como essas transações podem ajudar os pequenos negócios?

Estima-se que mais de 140 milhões de brasileiros possuem o WhatsApp instalado em seus celulares. Isto é, mais da metade da população do Brasil possui o aplicativo e o utiliza diariamente.


Publicidade

Isso representa uma ótima oportunidade para os pequenos negócios. Afinal, é possível vender bens e serviços rapidamente e sem burocracias agora pelo app mais utilizado!

Assim, não é necessário mais investir em aplicativos próprios, criação de website e pagar altas taxas para plataformas de pagamentos. Com uma taxa fixa de 3,99%, pequenos negócios poderão alavancar suas vendas com menos dores de cabeça.

Quais serão os benefícios para os consumidores?

A grande vantagem será a praticidade e a redução dos custos financeiros. Isto é, dentro da própria conversa com seu amigo, você já poderá pagar aquela conta do restaurante.

Precisa enviar dinheiro para um familiar? Sem problemas, direto da conversa você realiza o envio sem taxas e rapidamente.

O serviço do WhatsApp elimina os intermediários nessas transações. Com isso, o Banco Central também espera que haja uma redução nos custos de transações para o consumidor.

Com custos menores e menos barreiras de entrada, pessoas que não têm acesso a serviços financeiros também serão beneficiadas. Assim, podemos ver o WhatsApp como uma das ferramentas que pode ajudar na inclusão financeira dos brasileiros.

Quando os pagamentos pelo WhatsApp estarão disponíveis para uso?

Com essa aprovação do Banco Central, depende apenas do WhatsApp liberar a função, que pode ser a qualquer momento. Assim como fica à cargo da empresa definir as tarifas cobradas pelas transações no aplicativo.

Em nota, o WhatsApp não informou uma data específica, dizendo que está empenhado “nos preparativos finais para disponibilizar esta funcionalidade do WhatsApp no Brasil assim que possível”.

Sua recomendação está pronta. Acesse seu e-mail em 5 minutos.

0